El País

Os presidenciáveis precisam falar sério sobre segurança pública

Os presidenciáveis precisam falar sério sobre segurança pública

Os presidenciáveis precisam falar sério sobre segurança pública
O ano de 2017 atingiu um triste recorde com mais de 63 mil homicídios, uma média de 175 pessoas mortas por dia, segundo o recém lançado 12º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O país vive também a franca expansão do crime organizado, que encontra ambiente fértil para prosperar dentro dos presídios brasileiros. Segundo o Ministério Público de São Paulo, entre 2014 e 2018, o número de integrantes do PCC atuando em outros estados aumentou de 3.261 integrantes para 20.488. O sistema carcerário brasileiro é superlotado, com o dobro de pessoas presas em relação ao total de vagas, o que impossibilita qualquer perspectiva de ressocialização. Além disso, a ineficiência do sistema de segurança pública e justiça criminal não consegue priorizar o esclarecimento dos crimes violentos, o que gera um ciclo contínuo de impunidade em relação a eles. O medo e a insegurança habitam o cotidiano das pessoas, sendo que a violência figura entre as quatro principais preocupações das brasileiras e brasileiros, segundo Ibope.Seguir leyendo.

Source link : https://brasil.elpais.com/brasil/2018/08/19/opinion/1534703292_870572.html#?ref=rss&format=simple&link=link
Author : El País
Publish date : 2018-08-19 23:50:45
Copyright for syndicated content belongs to the linked Source.
Tags : El País